Ligue Para a Gente: Central Nacional de Vendas 4020-3852 (disque a partir da sua cidade)
>
31.jul, 2017 0 Notícias

Morre a atriz francesa Jeanne Moreau, aos 89 anos

A atriz francesa Jeanne Moreau, considerada uma das mais famosas do cinema francês, morreu nesta segunda-feira (31), aos 89 anos. De acordo com agência France Presse , o corpo da atriz foi encontrado em sua casa em Paris.

Atriz francesa Jeanne Moreau morre aos 89 anos

Atriz francesa Jeanne Moreau morre aos 89 anos

A atriz Jeanne Moreau teve participação em mais de cem filmes, chegando a ser estrela em filmes consagrados como Françõis François Truffaut (em “Jules e Jim”, o clássico absoluto da nouvelle vague), Orson Welles (“O processo”, de 1962) , entre outros.

Ao decorrer dos seus 65 anos de carreira, Jeanne também marcou presença no cinema brasileiro ao participar do filme “Joanna francesa”, de Cacá Diegues. Na trama ele vivia o personagem de uma cafetina que se sai de São Paulo para Alagoas em busca de uma paixão.

Em 2009, a atriz chegou a afirmar ao Portal de Notícias G1, que as pessoas a chamam de Diva e não sabe se é merecedora de tudo isso.

“Não tenho como impedir que me chamem de diva. Esses títulos de ‘musa’, ‘estrela’, ‘lenda viva’ não têm nenhuma influência em minha rotina. Não tenho como fazer as pessoas calarem a boca, nem tento evitar que me chamem assim. Se sou merecedora de tudo isso? Não sei”, declarou.

Atriz Jeanne Moreau morreu aos 89 anos em Paris (Foto de arquivo de 6 de dezembro de 2003) (Foto: Fabrizio Bensch/ Reuters)

Atriz Jeanne Moreau morreu aos 89 anos em Paris (Foto de arquivo de 6 de dezembro de 2003) (Foto: Fabrizio Bensch/ Reuters)

Por meio de nota, o presidente da França Emmanuel Macron, lamentou a perda da atriz.

“Com ela, desaparece uma artista que encarnava o cinema em sua complexidade, com sua memória, com sua ambição”, afirmou.

PRÊMIOS

Jeanne Moreau conquistou  prêmio Bafta em 1967, como melhor atriz estrangeira, após sua participação em “Viva Maria” (1965) e conquistou a Palma de Ouro de Cannes em 1960 por “Duas Almas em Suplício”.

Fonte: G1

Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *