Ligue Para a Gente: Central Nacional de Vendas 4020-3852 (disque a partir da sua cidade)
>
18.set, 2017 0 Notícias

Maria Callas – conheça a trajetória de uma das maiores celebridades da ópera

No dia 16 de setembro de 2017 completou exatos 40 anos da morte de Maria Callas, a maior cantora lírica do século XX. Os críticos elogiavam a técnica bel canto de Maria Callas que conseguia fazer papeis de soprano de uma forma que revolucionou a música lírica.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Muito conhecida como uma mulher temperamental e que volta ou outra era pega com ataques de fúria, Maria Callas se tornou renomada nos maiores teatros do mundo.

Conheça um pouco da história de La Divina, como era chamada Maria Callas.

Nome artístico

Maria Anna Sofia Cecília Kalogeropoulos, nascida em Nova York em 1923, ela mesmo criou o seu nome artístico ”Callas” fazendo um anagrama com o nome do maior templo de ópera do mundo: o  Teatro alla Scala, de Milão.

Infância infeliz

A dona de uma das mais belas vozes, contou por várias vezes que teve uma  infância triste e infeliz. Ao nascer sua mãe não quis a ver por um bom tempo. Por volta dos 5 anos, seu talento para música foi descoberto e sua mãe a matriculou em uma escola para canto.

Maria Callas relembrou muitas vezes que era o oposto da irmã Jackie. Aos 15 anos, ela era míope, pesava mais de 100 quilos, possuía os ombros largos, o nariz grande e as sobrancelhas enormes. A irmã recebia toda a atenção negada a ela.

Temperamental

Maria Callas era tida como uma pessoa muito temperamental. Sua mãe costumava dizer que a falta de generosidade se dava por Callas ter nascido em um dia de tempestade.

Ao longo de sua carreira, ela chegou a discutir com vários maestros e companheiros de trabalho, pelo seu perfeccionismo, em uma dessas discussões chegou a ser demitida do Metropolitan Opera, de Nova York.

Dieta rigorosa

Em 1953, Callas pesava exatos 108 quilos, ela começou a fazer uma dieta radical e polêmica em que chegava a ingerir parasitas. A dieta lhe rendeu a perda de 38 quilos em um ano. Ela redesenhou seu guarda-roupas e virou ícone de moda e beleza.

O antes e depois da diva: Callas emagreceu 38 quilos em um ano (Fotos: Reprodução)

O antes e depois da diva: Callas emagreceu 38 quilos em um ano (Fotos: Reprodução)

Decepção amorosa

A talentosa Maria Callas acabou se envolvendo com o homem mais rico do mundo naquela época, Aristóteles Onassis que não economizava nos mimos  e presentes caros. Callas acabou deixando o  marido Giovanni Battista Menegghini, com quem foi casada por dez anos, para viver essa nova paixão.

O que ela não esperava é que Onassis não gostava muito de ópera e chegou a comparar sua voz como a de um apito. Pouco a pouco ela foi sendo menos vistas nos palcos do treatro e sua vida passou a ser preenchida com uma intensa rotina social.

O declínio

A carreira de Callas começou a cair pouco antes da sua separação com Onassis. Ela engravidou, mas perdeu a criança após um dia de nascida lavando ela à uma profunda depressão. Pouco tempo depois Onassis a deixou para ficar com a primeira-dama Jackie Kennedy, que acabara de perder o marido.

Callas aos poucos foi perdendo a linda voz que possuía. Ela contraiu uma doença que  provocava inflamação nos músculos e na laringe.

O tratamento era a base de cortisona e imunossupressores,  que podem ocasionar insuficiência cardíaca. Callas morreu em 1977, aos 53 anos,  vítima de parada cardíaca. Ela vivia sozinha, em seu luxuoso apartamento na avenida George Mandel, em Paris.

Callas com o amor de sua vida, Aristoteles Onassis, e os amigos Grace Kelly e Príncipe Rainier de Mônaco (Foto: Reprodução)

Callas com o amor de sua vida, Aristoteles Onassis, e os amigos Grace Kelly e Príncipe Rainier de Mônaco (Foto: Reprodução)

Fonte: UOL

 

Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *