Ligue Para a Gente: Central Nacional de Vendas 4020-3852 (disque a partir da sua cidade)
>
28.jul, 2017 0 Notícias

Luto: morre aos 71 anos, o compositor Luiz Grande da música “Caviar

O compositor Luiz Grande, famoso pelo sucesso da música ”Caviar”, morreu nesta quinta-feira (27), um dia após completar 71 anos. De acordo com o Portal O Globo, o compositor morreu em virtude de complicações do diabetes, pressão alta e falta de ar.

31.08.2007 - Divulgação - Labruna Assessoria / E Mail - JB NI - Trio Calafrio - O compositor Luiz Grande em foto de 2007

31.08.2007 – Divulgação – Labruna Assessoria / E Mail – JB NI – Trio Calafrio – O compositor Luiz Grande em foto de 2007

Luiz Grande se tornou mais conhecido após a composição da música ”Caviar” ter sido gravada pelo cantor Zeca Pagodinho. O trecho mais conhecido da canção é uma pergunta em que diz ”Você sabe o que é Caviar? E a resposta vem logo em seguida: ”Nunca vi nem comi eu só ouço falar”.

Natural de Copacabana, Luiz Grande integrou o grupo de compositores do bloco Coração de Meninas, da Saúde e, anos depois entrou para o Imperatriz Leopoldinense.

O compositor Luiz Grande passou a fazer sucesso e teve seu primeiro samba gravado em 1976 ”Meu Recado”, depois ele teve participação em discos com mestres como Aniceto. O sucesso viria mesmo após a composição de ”Maria Rita”, gravada na voz João Nogueira.

Em certa ocasião, o compositor chegou a admitir que por diversas vezes, as pessoas mencionavam sua composição, mas ele não tinha coragem de dizer que era o autor.

”O pior é que ninguém reconhece o compositor. Eu era motorista de táxi quando “Maria Rita” estourou com João Nogueira. Sempre que tocava no rádio e o passageiro mandava aumentar, queria dizer que era minha. Mas nunca tive coragem” — contou Luiz Grande ao Globo em 2003, no lançamento do disco de estreia do Trio Calafrio, que incluía ainda Barbeirinho e Marcos Diniz.

Além de compositor, Luiz Grande também era cantor, possuía um estilo sincopado. Luiz Grande era herdeiro de Geraldo Pereira, Ciro Monteiro e João Nogueira.

Fonte: O GLOBO

Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *